a

Hi there! This is Esben, an elegant photography theme. Are you ready to show your work to the world?

INSTAGRAM

Back to Top

E por que ela fotografa?

“Vou começar do começo.
Um começo meio averso com a fotografia, nada romântico, poético e sentimental. Quando a fotografia começou em minha vida era um caso de amor e ódio, um processo meu, com medos e os desafios que viriam até que eu pudesse me sentir realmente uma fotógrafa.

Hoje fotografo para ultrapassar meus limites, me testando todos os dias. Sinto que estou mais leve, mais entregue, e sei que o caminho está longe de terminar – mas sinto que estou no caminho certo. Acho que o sentir é a palavra que define porque fotografo hoje: sentir o outro, sentir a história, sentir do ouvir, sentir do cheiro, sentir da curiosidade, sentir da lembrança, sentir do ser, sentir do sentido – porque hoje tudo faz sentido.”

Por que a Bru?

Ela é um mulherão da p@#$%.
Não vejo uma outra definição para começar esta apresentação.
E apesar disso, quando decidiu se assumir como fotógrafa não era isso o que ela sentia. Inseguranças em alguns momentos falaram mais alto do que o talento que existia ali dentro – mas, ainda bem, não durou muito tempo.
Embora seu trabalho seja junto com o Fer (seu marido), a Bru tem um luz – e um olhar – só dela. Hoje ela é a Bruna. Que é sim uma fotógrafa maravilhosa, sabe muito bem usar seus talentos da melhor maneira possível e melhor ainda, usar para o bem. Fotografia não é só um trabalho. Vai além. Ajuda. Conforta. Protesta. Acrescenta. A sua fotografia é assim.

Bru e Fer vão falar um pouquinho mais sobre a importância de olharmos para o nosso trabalho e escolhermos o melhor dele. Isso mesmo: curadoria. Muitos não a valorizam mas ela faz uma diferença…!

Ah! E a Bru (ainda não sabe mas) ela também vai falar um pouquinho sobre essa descoberta da Bruna mulher-fotógrafa.